Famalicão com porta de entrada na Ilha do PríncipeAção Social Centro Social de Brufe comemora Semana T 2020 Queima do Galheiro de Fradelos é atração turística do Minho Famalicão quer reforçar adesão dos munícipes à fatura eletrónica Famalicão revela o talento do teatro amador Desfile infantil dá o pontapé de saída para a folia do Carnaval Dune Bleue lança meia a partir de plásticos recolhidos no mar Biblioteca Camilo Castelo Branco acolheu Concurso Nacional de Leitura Obras nas piscinas de Oliveira São Mateus melhoram eficiência energéticaAmbiente Adesão à Fatura Eletrónica Famalicão duplica pontos de carregamento de carros elétricos Cozido à Portuguesa abre o apetite para a noite de CarnavalCultura e Turismo Acesso Cultura lança debate sobre a municipalização da culturaCultura e Turismo Rui Zink apresenta último livro em Famalicão Transporte gratuito para a noite de Carnaval de FamalicãoCultura e Turismo O mês de fevereiro na Casa das Artes Município descentraliza serviços de fiscalizaçãoCultura e Turismo O mês de fevereiro no Parque da Devesa Devesa quer melhorar qualidade Carnaval que apaixona Fauna promove concursos ao programa de residências artísticas “Programar em Rede” com candidaturas abertas Museu Bernardino Machado lança novo ciclo de conferências Exposição “6 Mil - das origens a Famalicão” prolongada até 1 de março Prémio de História Alberto Sampaio com candidaturas abertas Rede de Museus de Famalicão define missão e abraça novos desafios Câmara vai monitorizar a qualidade do ar Serralves mostra Ângelo de Sousa a partir da Casa das Artes
O SEU LUGAR

Museu Bernardino Machado

T: 252 377 733
I: www.bernardinomachado.org

O Museu Bernardino Machado nasceu da estreita colaboração entre a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão e os seus descendentes, que haviam doado ao município, entre os anos de 1995 e 2001, todo o espólio que, posteriormente, haveria de constituir a sua coleção museológica. Instalado num dos edifícios mais belos da cidade famalicense, o museu foi inaugurado a 15 de dezembro de 2001, estando a exposição permanente centrada sobretudo na figura de Bernardino Machado, percorrendo vários períodos históricos, desde o final do constitucionalismo monárquico, passando pela implantação da Primeira República, o surgimento do Estado Novo, até ao período da resistência à ditadura salazarista, sem esquecer os estreitos e íntimos laços que o unem a Vila Nova de Famalicão. O estudo do diversificado conjunto de objetos e do riquíssimo acervo documental, juntamente com um vasto leque de atividades culturais e do serviço educativo, constituem as principais áreas de trabalho do Museu. Desde 2002, integra a Rede Portuguesa de Museus.
Saiba mais sobre o Museu Bernardino Machado
Visite o website