Famalicão com porta de entrada na Ilha do PríncipeAção Social Centro Social de Brufe comemora Semana T 2020 Queima do Galheiro de Fradelos é atração turística do Minho Famalicão quer reforçar adesão dos munícipes à fatura eletrónica Famalicão revela o talento do teatro amador Desfile infantil dá o pontapé de saída para a folia do Carnaval Dune Bleue lança meia a partir de plásticos recolhidos no mar Biblioteca Camilo Castelo Branco acolheu Concurso Nacional de Leitura Obras nas piscinas de Oliveira São Mateus melhoram eficiência energéticaAmbiente Adesão à Fatura Eletrónica Famalicão duplica pontos de carregamento de carros elétricos Cozido à Portuguesa abre o apetite para a noite de CarnavalCultura e Turismo Acesso Cultura lança debate sobre a municipalização da culturaCultura e Turismo Rui Zink apresenta último livro em Famalicão Transporte gratuito para a noite de Carnaval de FamalicãoCultura e Turismo O mês de fevereiro na Casa das Artes Município descentraliza serviços de fiscalizaçãoCultura e Turismo O mês de fevereiro no Parque da Devesa Devesa quer melhorar qualidade Carnaval que apaixona Fauna promove concursos ao programa de residências artísticas “Programar em Rede” com candidaturas abertas Museu Bernardino Machado lança novo ciclo de conferências Exposição “6 Mil - das origens a Famalicão” prolongada até 1 de março Prémio de História Alberto Sampaio com candidaturas abertas Rede de Museus de Famalicão define missão e abraça novos desafios Câmara vai monitorizar a qualidade do ar Serralves mostra Ângelo de Sousa a partir da Casa das Artes
O SEU LUGAR

Residentes / Cultura Gabinete de Arqueologia

Gabinete de Arqueologia


Parque da Devesa

- Casa do Território
Rua Fernando Mesquita
Antas, nº 2453 – C
4760-034 V.N. Famalicão

T: 252 374 184
E: arqueologia@famalicao.pt


Horário:

Segunda a Quinta-feira:
09h00 - 13h00 e 14h00 - 18h00

Sexta-feira:
09h00 - 12h00

A Arqueologia depende do Departamento Municipal de Cultura e Turismo da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão.

Em funcionamento desde 1982, este serviço tem como objectivo principal a coordenação, estudo, valorização, protecção e divulgação do património arqueológico do concelho.

Tendo como um dos seus objectivos primordiais a criação de um museu de arqueologia do concelho de Vila Nova de Famalicão, desde logo encetou um minucioso inventário de numerosas situações arqueológicas, permitindo delinear uma criteriosa sequência cronológica (situada entre o 3º milénio a.C. e o século XV) e cultural das origens do seu povoamento.

Toda esta investigação vem sendo tradicionalmente realizada segundo as mais modernas metodologias, salientando-se as diversas práticas de arqueologia experimental e a aplicação das novas tecnologias à arqueologia. Delas são exemplo, o fabrico do pão-de-bolota segundo as técnicas utilizadas durante a Idade do Ferro, e a reconstituição do monumento para banhos do Alto das Eiras.
Paralelamente tem-se levado a cabo acções de sensibilização visando a salvaguarda do património, por uma actividade pedagógica pioneira e da maior relevância, junto das escolas do concelho e da região, cujo impacto é bastante significativo, quer pelo número de alunos envolvidos, quer pela continuidade, ao longo dos anos, em várias escolas.

Para auxílio da investigação arqueológica, este gabinete possui também uma pequena biblioteca (aqui disponibilizada on-line), com alguns títulos especializados nesta temática.


Classificação de Bens Imóveis

Conjunto Arqueológico das Eiras
Foi publicado no Diário da República n.º 38/2017, Série II de 2017-02-22 o Anúncio n.º 17/2017 relativo à abertura do procedimento de classificação do Conjunto Arqueológico das Eiras, nas freguesias de Pousada de Saramagos, Joane, Vermoim e Vale (São Martinho) e na União das Freguesias de Vale (São Cosme), Telhado e Portela, concelho de Vila Nova de Famalicão, distrito de Braga.
Saiba mais no Portal de Arqueologia
Visite o website