Atualidade COMUNICADO Instalação de Antena de Telecomunicações junto à EB 2/3 D. Maria IICâmara Famalicão com porta de entrada na Ilha do PríncipeAção Social Centro Social de Brufe comemora Semana T 2020Cultura e Turismo Queima do Galheiro de Fradelos é atração turística do MinhoAmbiente Famalicão quer reforçar adesão dos munícipes à fatura eletrónicaCultura e Turismo Famalicão revela o talento do teatro amadorEducação Desfile infantil dá o pontapé de saída para a folia do CarnavalRoteiro pela Inovação Dune Bleue lança meia a partir de plásticos recolhidos no marEducação Biblioteca Camilo Castelo Branco acolheu Concurso Nacional de LeituraAtualidade Obras nas piscinas de Oliveira São Mateus melhoram eficiência energéticaAmbiente Adesão à Fatura EletrónicaMobilidade Famalicão duplica pontos de carregamento de carros elétricos Cultura e Turismo Cozido à Portuguesa abre o apetite para a noite de CarnavalCultura e Turismo Acesso Cultura lança debate sobre a municipalização da culturaCultura e Turismo Rui Zink apresenta último livro em FamalicãoMobilidade Transporte gratuito para a noite de Carnaval de FamalicãoCultura e Turismo O mês de fevereiro na Casa das ArtesCâmara Município descentraliza serviços de fiscalizaçãoCultura e Turismo O mês de fevereiro no Parque da DevesaAmbiente Devesa quer melhorar qualidadeCultura e Turismo Carnaval que apaixonaCultura e Turismo Fauna promove concursos ao programa de residências artísticasCultura e Turismo “Programar em Rede” com candidaturas abertasCultura e Turismo Museu Bernardino Machado lança novo ciclo de conferências
O SEU LUGAR

Museu Ferroviário

T: 252 153 646
E: museuferroviario@famalicao.pt

O Núcleo de Lousado é um dos polos que o Museu Nacional Ferroviário possui distribuídos pelo país, dedicados à divulgação e preservação da história ferroviária Portuguesa. Localizado nas imediações da estação ferroviária de Lousado (Vila Nova de Famalicão), no entroncamento da Linha do Minho com a Linha de Guimarães, as suas instalações ocupam a totalidade do antigo complexo oficinal da Companhia Portuguesa de Caminhos de Ferro de Guimarães. A sua criação é o resultado da adaptação de um projeto alternativo à antiga Secção Museológica, aberta ao público em 1979, por iniciativa de um dos principais divulgadores e defensores do património ferroviário nacional, Armando Ginestal Machado. Considerado um dos polos de maior relevância no contexto ferroviário português, a sua coleção é constituída por material circulante na sua grande maioria de via estreita, bem como acervo ferroviário de variadas tipologias: equipamentos de via e obra, bilhética, oficina, entre outros. Merece destaque a mais antiga locomotiva a vapor de via estreita existente em Portugal.
Saiba mais sobre o Museu Ferroviário