Famalicão com porta de entrada na Ilha do PríncipeAção Social Centro Social de Brufe comemora Semana T 2020 Queima do Galheiro de Fradelos é atração turística do Minho Famalicão quer reforçar adesão dos munícipes à fatura eletrónica Famalicão revela o talento do teatro amador Desfile infantil dá o pontapé de saída para a folia do Carnaval Dune Bleue lança meia a partir de plásticos recolhidos no mar Biblioteca Camilo Castelo Branco acolheu Concurso Nacional de Leitura Obras nas piscinas de Oliveira São Mateus melhoram eficiência energéticaAmbiente Adesão à Fatura Eletrónica Famalicão duplica pontos de carregamento de carros elétricos Cozido à Portuguesa abre o apetite para a noite de CarnavalCultura e Turismo Acesso Cultura lança debate sobre a municipalização da culturaCultura e Turismo Rui Zink apresenta último livro em Famalicão Transporte gratuito para a noite de Carnaval de FamalicãoCultura e Turismo O mês de fevereiro na Casa das Artes Município descentraliza serviços de fiscalizaçãoCultura e Turismo O mês de fevereiro no Parque da Devesa Devesa quer melhorar qualidade Carnaval que apaixona Fauna promove concursos ao programa de residências artísticas “Programar em Rede” com candidaturas abertas Museu Bernardino Machado lança novo ciclo de conferências Exposição “6 Mil - das origens a Famalicão” prolongada até 1 de março Prémio de História Alberto Sampaio com candidaturas abertas Rede de Museus de Famalicão define missão e abraça novos desafios Câmara vai monitorizar a qualidade do ar Serralves mostra Ângelo de Sousa a partir da Casa das Artes
O SEU LUGAR

Residentes / Ação Social Gabinetes Sociais

Gabinete de Apoio ao Emigrante

Divisão de Planeamento Estratégico, Economia e Internacionalização

Praça Álavro Marques
4764-502 V. N. Famalicão

T. 252 320 940
F. 252 377 110
E. gae@famalicao.pt

O Gabinete de Apoio ao Emigrante (GAE) resulta do Acordo de Cooperação entre a Direção Geral dos Assuntos Consulares e Comunidades Portuguesas (DGACCP) e o Município de Vila Nova de Famalicão e têm como destinatários os portugueses que estão emigrados, aqueles que já regressaram, assim como todos os cidadãos que pretendam iniciar um processo migratório.

O GAE está habilitados a tratar de assuntos de segurança social, equivalência de estudos, investimentos, duplas-tributações, pedidos de colocação no estrangeiro, informação jurídica geral e aconselhamento para quem queira emigrar.

Objetivos

1. Criação de uma estrutura de apoio aos munícipes que tenham estado emigrados, que se encontrem em vias de regresso ou que ainda residam nos países de acolhimento.

2. Resposta às questões inerentes ao regresso e reinserção em todas as suas vertentes: social, jurídica, económica, investimento, emprego, estudos, etc.

3. Dinamização das potencialidades económicas dos concelhos junto das comunidades portuguesas, através do acesso a bases de dados onde estão registados 120.000 empresários /empresas portugueses (as) espalhados (as) pelo mundo.

4. Apoio aos emigrantes em matérias da competência da câmara municipal: licenças de obras, licenciamentos para comércio ou indústria, projetos, etc...