Freguesias Requião vai ter Pavilhão Multiusos Mobilidade Paulo Cunha pede à Administração Central equilíbrio no apoio aos transportes públicosCOVID-19 Apoio extraordinário à renda já chega às famílias famalicensesCâmara Município aposta na eficiência energética e poupa 40 por cento na iluminação públicaFreguesias Em dia de aniversário Vermoim reconheceu os seus heróisEconomia “Produto que é Nosso” impulsiona inovação e abre redes de comercialização de produtores famalicensesEducação Mais de 600 vagas em formação profissional superior e especialização tecnológicaCultura e Turismo Casa das Artes reabre com Teatro esta quinta-feiraCultura e Turismo Katia Guerreiro e Noiserv no arranque do Anima-teEducação Concurso de Ideias Empreendedoras INAVE distingue escolas de FamalicãoCultura e Turismo No “Anima-te” também há Street Food e artesanatoEducação EBI de Gondifelos e EB 2,3 de Ribeirão vencem concurso de escrita criativa centrado nos ODSMobilidade Famalicenses com descontos de 50 por cento nos transportes rodoviáriosFreguesias Gondifelos, Cavalões e Outiz cada vez mais verdesCâmara Primeiro boletim municipal em tempos de pandemiaCultura e Turismo “Anima-te” com cinema ao ar livre no parque da DevesaEducação Alunos da Escola Júlio Brandão vencem Programa de Educação Financeira COVID-19 Câmara já distribuiu mais de 120 mil equipamentos de proteção individual a profissionais de primeira linhaEconomia Startups e Microempresas de Famalicão com linha de financiamento excecional Mobilidade Encerramento da Rua Lourenço da Silva OliveiraCâmara Município vai homenagear famalicenses por comportamento exemplarCultura e Turismo Devesa Sunset regressa com o dobro dos concertosEducação Biblioteca Municipal vai beneficiar de obras de melhoramento e modernizaçãoDesporto Move-te regressa para animar Famalicão
O SEU LUGAR

Residentes / Cultura Fundações

Fundação Castro Alves

Rua Comendador Castro
Alves - N. 391
4765-053 Bairro
V.N.Famalicão

T: 252 931 053
E: fundacao@fundacaocastroalves.org

A Fundação Castro Alves, criada em 6 de Janeiro de 1991 é a sequência natural e o enquadramento jurídico mais aconselhável para a meritória obra educativa, artística, de ocupação de tempos livres de jovens e de apoio social, iniciado pelo Centro de Arte e Cultura Popular de Bairro, há trinta e oito anos, pela mão e impulso do seu fundador, Comendador Manuel Maria Castro Alves. (1935-1998).



Saiba mais sobre a Fundação Castro Alves
Visite o website