Cultura e Turismo Famalicão é o epicentro das comemorações dos 400 anos do nascimento de Molière em PortugalEconomia Feira de roupa em segunda mão anima a PraçaMobilidade O Voltas está de volta!Cultura e Turismo Palácio da Igreja Velha torna-se Imóvel de Interesse MunicipalReabilitação Urbana Câmara promove sessão de esclarecimento sobre concessão de espaços na Estação RodoviáriaEducação Biblioteca de Famalicão vence prémio nacional de Boas Práticas em Bibliotecas Públicas MunicipaisCâmara O nó do acesso à A7 de Vermoim/Seide está prestes a ser desatadoCultura e Turismo Famalicão recua seis mil anos na história para refletir sobre o futuro da paisagem do territórioCâmara Reunião do Executivo Municipal esta quinta-feira, dia 13 de janeiroSaúde Disponibilizado acesso ao Centro de Saúde de Famalicão para transporte de utentes de mobilidade reduzidaAmbiente Perturbações na Recolha de Resíduos Sólidos UrbanosCâmara Famalicão vai crescer para NorteCultura e Turismo A Casa das Artes em JaneiroCultura e Turismo Programar em Rede com candidaturas abertasCultura e Turismo Álvaro Costa é o novo Chef residente da Cozinha experimental da PraçaEducação Candidaturas abertas para o Prémio de História Alberto SampaioMobilidade Transporte público rodoviário de Famalicão mantém-se com mesmos percursos, horários e tarifas em 2022Câmara Primeiro Boletim Municipal do mandato no arranque do novo anoSolidariedade Famalicenses oferecem solidariedade para que “seja Natal todos os dias”
O SEU LUGAR

Residentes / Cultura
Prémios

Prémio de Conto Camilo Castelo Branco

Instituído em 1991, ao abrigo de um protocolo entre a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão e a Associação Portuguesa de Escritores, este prémio destina-se a galardoar anualmente uma obra em português, de autor português ou de país africano de expressão portuguesa, publicada em livro e em 1.ª edição no ano anterior ao da sua entrega.

Downloads

Documentos disponíveis para download em formato PDF.

Data Documento Tamanho Download
04/03/2021 Regulamento 165 Kb
Download PDF

Prémios anteriores


2020 - Bruno Vieira Amaral, "Uma Ida ao Motel e Outras Histórias"

2019 - Francisco Duarte Mangas, "Pavese café Ceuta"

2018 – José Viale Moutinho, "Monstruosidades do Tempo do Infortúnio"

2017 – Ana Margarida de Carvalho, "Pequenos Delírios Domésticos"

2016 – Teolinda Gersão, "Prantos, amores e outros desvarios"

2015 – Teresa Veiga, "Gente melancolicamente louca"

2014 – Hélia Correia, "Vinte Degraus e Outros Contos"

2013 – Mário de Carvalho, “A Liberdade de Pátio”

2011 – Eduardo Palaio, “Caixa Baixa”

2010 – António Manuel Pires Cabral, "O Porco de Erimanto"

2009 – Afonso Cruz, “Enciclopédia da Estória Universal”

2008 – Teresa Veiga, "Uma Aventura Secreta do Marquês de Bradomín"

2007 – Ondjaki, "Os da minha rua"

2006 – Gonçalo M. Tavares, "Água, Cão, Cavalo, Cabeça"

2005 – Paulo Kellerman, "Gastar Palavras"

2004 – Manuel Jorge Marmelo, "O Silêncio de um Homem Só"

2003 – Urbano Tavares Rodrigues, "A Estação Dourada"

2002 – Teolinda Gersão, "Histórias de Ver e Andar"

2001 – António Mega Ferreira, "A Expressão dos Afectos"

2000 – José Viale Moutinho, "Cenas de Vida de um Minotauro"

1999 – José Eduardo Agualusa, "Fronteiras Perdidas"

1998 – José Jorge Letria, "A Mão Esquerda de Cervantes"

1997 – Luísa Costa Gomes, "Contos Outra Vez"

1996 – Miguel Miranda, "Contos à Moda do Porto"

1995 – Maria Judite de Carvalho, "Seta Despedida"

1994 – Maria Velho da Costa, "Dores"

1993 – Maria Isabel Barreno, "Os Sensos Incomuns"

1992 – Teresa Veiga, "História da Bela Fria"

1991 – Mário de Carvalho, "Quatrocentos Mil Sestércios seguido de O Conde Jano"
Saiba mais sobre o Prémio de Conto Camilo Castelo Branco